Câmara Municipal de Jacutinga-MG - Home  
 
Home Vereadores Notícias Vídeos Leis Municipais Contato
 
A Câmara


A Cidade

 
Links Públicos
Assembléia Legislativa de MG - Clique Aqui
Governo de Minas - Clique Aqui
Cãmara dos Deputados - Clique Aqui
Senado Federal - Clique Aqui
Governo Federal - Clique Aqui
  NOTÍCIAS
Voltar para a Página AnteriorEntre em contato conoscoIr para a Home Page
RESPOSTA AO CIDADÃO SANJOANENTE QUE DENEGRIU A IMAGEM DE JACUTINGA - Câmara Municipal de Jacutinga-MG
RESPOSTA AO CIDADÃO SANJOANENTE QUE DENEGRIU A IMAGEM DE JACUTINGA
06/07/2012

Fora da Aldeia Alterosa...

 

               Quando se lê a matéria da Edição nº 917, do colunista Lauro Augusto Bittencourt Borges, no quesito dos “mais abonados”, cabe-nos esclarecer que somos fornecedores para aproximadamente 30 países, e lojas como “Harrolds” em Londres, “Anthropologie” de Nova York, “Zara” Europa e Mercosul, mais de 120 shoppings center´s deste País, também grandes redes de lojas como Marisa, C&A, Carrefour, Renner, dentre outras dezenas que não nos interessa eticamente divulgar, e os preços praticados pelos nossos clientes aqui no Brasil, é no mínimo 100 % em relação ao nosso preço de varejo por aqui, e os que aqui nos visitam para o turismo e compras de malhas, não os tratamos como “insignificantes”, como o colunista afirma, e muito menos “sacoleiros caipiras menos afortunados”.

               Quanto às peças “made in Jacutinga”, cabe-nos elucidar que o cidadão colunista em questão, antes de publicar alguma matéria sobre nosso município, deveria melhor se “aculturar” acerca da economia local, pois gerente de uma instituição bancária como é, muito fácil se torna consultar seu colega da agência-irmã local, acerca de nossa produção bem como movimentação financeira que a cidade produz e se você preferir, de um pulo até Londres e vá a uma loja Harrolds, e pode comprar lá mesmo uma peça “made in Jacutinga”, isso nos orgulhará em muito.

               Também não é só de “roupas de tricô” que a cidade se projeta, mas no turismo, agricultura e outras diversidades, e temos sim atrativos “blockbuster” aqui, e para uma singela comparação, o município ao qual você gerencia uma agencia bancária, certamente não é de seu conhecimento, tem receitas correntes na ordem de R$ 69.501.049,26, isso com uma população de 41.853 habitantes com um crescimento de apenas 1.373 pessoas na década; enquanto que nosso município, com apenas 22.699 habitantes, temos uma receita na ordem de 56.000.000,00. Porque será esta diferença... será porque somos “insignificantes”, ou nossa economia local funciona mesmo com os “caipiras menos afortunados”.

               A flexibilidade no atendimento a qual você se reporta, não é aplicada a todos os visitantes, pois existem critérios de atendimento diferenciado para os “indesejados, mesquinhos, avarentos, prepotentes, intrometidos, oportunistas, anarquistas” e outras recalcadas classes mais.

               Sobre os “parcelamentos dilatados”, em nosso ramo comercial não costumamos acompanhar o SFH, pois temos suficiente compreensão empresarial de nossos negócios, e quem dita as regras por aqui somos nós.

               Esclarecendo o termo “pulôver”, a você e sua avó Fiuca, cabe-nos uma pequena orientação em moda, pois o correto é “pullover”, que vem do inglês, que significa corte de malha em lã, com ou sem mangas, que se tira pela cabeça. O termo para peça sem mangas, com decote em “V”, é conhecido e encontrado como “colete” sim, pois evidentemente não poderíamos exigir que um especialista em finanças pudesse entender de moda ou designer em moda. O termo “pulôver” é para uma peça exterior em malha, com ou sem mangas, com abertura superior para se vestir pela cabeça, então lembrando, que para uma peça definitivamente “sem mangas” à cobrir o tórax, o pedido é feito sim pelo termo “colete”, e como aqui ninguém vai estar numa loja de pesca submarina, nunca lhe entregaremos um colete salva-vidas.

               Recapitulando aos alunos: pullover = peça em malha com ou sem mangas, com abertura superior para se vestir pela cabeça. – colete = peça em malha, sem mangas, com decote em “V” para também se vestir pela cabeça.

               Somos sabedores que o cidadão em questão, é bem conhecido por questões polêmicas e artigos polêmicos, pois temos que concordar que não deixa de ser uma maneira à se projetar perante a sociedade, pois existem seres que não se importam em qual patamar seja encontrado, mas sim pela evidência de se acharem que são superiores, mas na verdade não passam de seres inferiores, recalcados, insignificantes, energúmenos e dignos de muita piedade

 

                                                                                  Paulo Roberto Grisolia

            

  MAIS NOTICIAS
01/09/2017 :
16 DE SETEMBRO - 116 ANOS DE JACUTINGA
14/08/2017 :
CENSO AGRO 2017
14/08/2017 :
VII ROCK IN LAGO
11/08/2017 :
SEMANA DA PÁTRIA
01/08/2017 :
ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA - 15 DE AGOSTO
Outras Notícias 
Clique Aqui
Guilherme
Correa
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Dr. Gilmar
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Carneirinho
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
André
Taguá
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Homero
Nardini
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Hélio do
Lago Jr
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Ricardo
Guina
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Agnaldo
Carecão
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Jorge
Cesário
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Lopes
Mais sobre este vereador    
Clique Aqui
Fernando
Vilela
Mais sobre este vereador    

 
  Endereço:
Rua Afonso Pena, 556 - Centro
CEP: 37590-000 - Jacutinga-MG
  Telefone:
(35) 3443-6602 / 3443-6331 / 3443-2637
  Cãmara Municipal de Jacutinga-MG - Home